Fotógrafo faz ensaio com modelos debaixo d’água e usa caverna inundada como cenário em MS

0
35

Imagens foram feitas nas regiões de Jardim e de Bonito. Sem cilindros de ar ou roupas de mergulho, modelos, que têm experiência na área, usaram trajes de banho.

O resultado dessa combinação? Fotos que chegam a proporcionar efeitos de flutuação e de sensação que se pode caminhar sobre as águas cristalinas.

O ensaio feito na última semana de junho tem chamado a atenção de internautas que ressaltam a performance dos modelos e das belezas naturais da caverna.

Ainda de acordo com o fotógrafo, o espaço escolhido no Mato Grosso do Sul foi justamente com o objetivo de associar a natureza selvagem. E, em meio a ela, criar uma interação dos modelos como se eles estivessem em uma sessão de fotos convencional.

O profissional ainda reforça que toda equipe de profissionais, e inclusive os modelos, têm experiência em mergulho — alguns deles trabalham até com resgate.

O ensaio, que teve duração de duas horas, teve apoio técnico de filmagem de Erika Beux e a assistência da Natalia Cordeiro, ambas com especialidade em fazer registros subaquáticos.

Ruver conta que já pensava no resultado final do ensaio antes de ver as fotos prontas. Para ele, o resultado ressaltou a performance dos modelos e a qualidade das fotos: “Eles são muito criativos, bem preparados para mergulho e sabem se comportar dentro da água. Agem com naturalidade. Porque modelar dentro da água não é fácil e eles fizeram isso com perfeição”, elogiou.

O modelo Iago Bernardo conta que foi uma experiência única. Ele, que tem experiência em mergulho, também ficou surpreso com a beleza do resultado final..

“É um cenário indescritível e cheio de vida. Esse é o segundo ano que faço uma sessão como essa. O resultado final ficou sensacional pelo ótimo trabalho que fizemos”, lembrou.