Manifestantes derrubam estátuas das rainhas Vitória e Elizabeth II no Canadá

0
60

Ato aconteceu depois da descoberta de valas com os corpos de mais de mil crianças indígenas em antigas escolas gerenciadas pela Igreja no país.

No Canadá, estátuas das rainhas Vitória e Elizabeth II, do Reino Unido, foram derrubadas na quinta-feira (1º) em protesto para marcar o descontentamento com a existência de valas sem inscrições que tinham corpos de crianças indígenas.

As estátuas derrubadas ficavam na cidade de Manitoba. O ato ocorreu em um feriado do país, o Dia do Canadá, que lembra a criação da confederação no país.

O Canadá foi colonizado pelo Reino Unido —até hoje, o país é uma monarquia parlamentarista que reconhece Elizabeth II como sua rainha.

Recentemente, foram descobertas cerca de 1.150 valas de crianças em antigas instituições de ensino do governo canadense para alunos indígenas que eram administradas pela Igreja Católica

As buscas começaram após um pesquisador identificar os restos mortais de 215 crianças indígenas em uma escola desativada.

Com a descoberta dos corpos, grupos indígenas resolveram não comemorar o Dia Do Canadá.

Na capital, Ottawa, houve um protesto perto do Parlamento no qual pediram para que o feriado fosse cancelado.

O primeiro-ministro, Justin Trudeau, reconheceu que esse seria um feriado mais sinistro do que em outros anos —geralmente, a data é celebrada publicamente.

Em uma declaração escrita, ele afirmou que as descobertas dos restos de centenas de crianças nos locais de antigas escolas nos estados da Colúmbia Britânica e de Saskatchewan forçaram o país a pensar em seus fracassos históricos e nas injustiças que ainda são cometidas contra os povos indígenas. “Nós, como canadenses, precisamos ser honestos a respeito do nosso passado”, ele afirmou.

G1