Polícia e perícia avaliam queda de avião com 2 mortes e apontam que piloto teve ‘desorientação espacial’ em MS

0
157

Aeronave, de pequeno porte, foi encaminhada para um hangar em MS e o procedimento foi realizado nesse domingo (16). Vítimas foram veladas e enterradas no Rio Grande do Sul.

A Polícia Civil e o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) finalizaram, nesse domingo (16), em Bandeirantes, a 65 km de Campo Grande, a perícia no avião que caiu há 4 dias e causou a morte de duas pessoas.

Conforme a investigação, a aeronave, de pequeno porte, foi encaminhada para um hangar da região. A delegada Ana Cláudia Medina, as apurações iniciais apontam, inicialmente, “desorientação espacial”, já que o piloto achava que estaria voando em um sentido e posição. No entanto, estava em outra direção e agora a polícia deve analisar vários dados para concluir o inquérito.

Entenda o caso

O avião caiu em Bandeirantes na última quinta-feira (13). Antes de ser encontrada, a aeronave sumiu do radar na região do município de Mato Grosso do Sul.

A Polícia Civil detalhou que a aeronave havia saído da cidade sul-mato-grossense e tinha como destino Passo Fundo (RS) e foi encontrada a 20 km de São Gabriel do Oeste, no distrito de Ponte Vermelha.

Os policiais estão apurando aconteceu ainda na partida ou no retorno da aeronave para São Gabriel do Oeste (MS). O Corpo de Bombeiros de Coxim (MS) é quem atendeu a ocorrência.

G1MS