Polícia Federal destrói o equivalente a mais de 800 toneladas de maconha pronta para consumo, no Paraguai

0
72

Em 10 dias, a Polícia Federal incinerou 47,7 toneladas e 842 mil sementes de maconha, desmantelou 109 acampamentos e erradicou 269 hectares de plantações de Cannabis (matéria-prima da maconha), no Paraguai. A PF apontou que os entorpecentes e bases para o ilícito equivalem a mais de 800 toneladas da droga pronta para o consumo.

A operação batizada de “Nova Aliança” contou com o apoio da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad) e foi realizada entre os dias 6 e 15 de julho, com o único objetivo: erradicar plantações de maconha no país vizinho.

A operação “Nova Aliança” é a terceira ação conjunta realizada em 2021 de erradicação de maconha no Paraguai. Os números mostram que ao todo, mais de 4 mil toneladas da droga deixaram de ser comercializadas em 2021.

A Polícia Federal explicou, por meio de nota, que as ações de erradicação de cultivos de maconha são importantes para reduzir a oferta da droga no Brasil. “Uma vez que, com esforços e recursos concentrados em poucos dias, é possível também destruir quantidades superiores a todo o montante da droga apreendido no país ao longo do ano”, detalham.

G1