Primeira casa do programa Lote Urbanizado foi concluída

0
31


A Prefeitura de Paranaíba trabalha na fiscalização e orientação do programa Lote Urbanizado, executado no bairro Costa Leste em parceria com o Governo do Estado, através da AGEHAB (Agência de Habitação Popular) de Mato Grosso do Sul, onde estão sendo edificadas 40 unidades habitacionais em terrenos doados pelo Município. Na tarde desta quinta-feira, 18, os engenheiros civis da Agência, Gilberto Maroso e Antônio Pardo, estiveram no Gabinete e logo após foram na primeira casa concluída para fazer a vistoria.

A avaliação foi acompanhada pelo prefeito Maycol Queiroz, secretária de Obras, Milene Nagliati e pelo responsável do setor de Habitação, Alexsandro Melo. Os engenheiros explicaram ao Chefe do Poder Executivo a responsabilidade da AGEHAB frente ao programa. Durante a vistoria, os engenheiros elogiaram a execução do programa em Paranaíba e acompanharam a patamarização (aterramento e compactação) da área onde serão construídas mais 50 unidades habitacionais, conquistadas pela atual gestão.

O prefeito Maycol Queiroz enfatizou o trabalho realizado em parceria com o Estado para a oportunização de casa própria às famílias paranaibenses. “Agradecemos à Agehab e a nossa equipe da Secretaria de Obras que estão empenhados em oferecer melhorias aos nossos cidadãos. Peço para aqueles que se interessarem em ter a sua casa própria pelo programa que procure a Secretaria de Assistência Social e faça o seu cadastro ou a atualização para quem já é cadastrado a mais de um ano”.

Programa Lote Urbanizado

O programa visa atender quem tem renda familiar de até R$ 4.685,00 e que comprove condições de compra de material de construção, pois serão gastos valores consideráveis na edificação, visto que o proprietário irá arcar com material e mão-de-obra.

O município participa com o terreno e a assistência técnica, já o Governo do Estado constrói a base da casa até a primeira fiada de tijolos e o cidadão dá continuidade na construção de sua moradia. O município assinou um termo de adesão e ficou responsável pela doação do terreno dotado de infraestrutura básica como água, energia, arruamento, iluminação pública, limpeza e patamarização dos terrenos, conforme orientação da Agehab, antes do início da obra.

De acordo com as regras do projeto, a Agehab tem como responsabilidade a construção das bases da fundação de uma residência até o contra piso, fossa séptica e sumidouro, enquanto o pretendente selecionado é responsável pela conclusão da unidade habitacional no prazo de até 2 anos.

Para participar primeiramente o pretendente tem que realizar o cadastramento no sistema de inscrição da AGEHAB, e após passar pelo processo de seleção os mesmos serão chamados e deverão comprovar em documentos que possuem condições financeiras para adquirirem os tijolos e os cimentos até o respaldo.

Para fazer o cadastramento procure a Assistência Social ou departamento de Obras na Prefeitura Municipal, de segunda à sexta, das 7:00h às 12:00