Trabalhador mata o gerente e ateia fogo no próprio carro antes de se suicidar em Chapadão do Sul

0
43

Na manhã deste domingo, 10 de abril, um trabalhador rural de uma fazenda na região do Pouso Frio, Município de Chapadão do Sul, distante 30 Km da cidade, assassinou o seu gerente, com aparentemente dois tiros, ateou fogo em seu veículo e depois se suicidou.

O trabalhador, até então informado o seu primeiro nome, Anderson (Baiano), por motivo ainda desconhecido, atirou no seu gerente, Ivanildo Fai (Magrão), 53 anos de idade. Em seguida Baiano ateou fogo em seu próprio veículo, um Ford Eco Sport e em seguida atirou na própria cabeça.

Os crimes aconteceram na sede da fazenda, ao lado da balança de caminhões. Os colegas socorreram Magrão ainda com vida, em uma caminhonete, da própria vítima.

O Corpo de Bombeiros atendeu à ocorrência, mas infelizmente não foi possível salvar a vida de Magrão

O Corpo de Bombeiros foi acionado e na entrada da cidade o ferido foi transferido para a viatura de resgate, mas ao dar entrada no Pronto Socorro do Hospital Municipal de Chapadão do Sul, ele já estava sem sinais vitais. Segundo os Bombeiros, aparentemente Magrão foi atingido por dois disparos, um no peito, do lado direito e um no antebraço, do mesmo lado do corpo.

Magrão deixa esposa e três filhas, que moram em Alvorada do Sul, no Paraná. A vítima era muito conhecido na região e a sua morte provocou comoção na sociedade e intensa movimentação em frente ao Hospital Municipal com amigos e colegas de trabalho.

A Polícia Civil de Chapadão do Sul está atendendo ao caso. Ambos os corpos deverão ser encaminhados para o IMLO de Paranaíba, antes de serem liberados para os seus familiares.

FONTE: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)