Homem que atropelou e matou idosa se apresenta após 9 dias e alega que ‘não enxergou’ a vítima

0
448

Suspeito confessou o crime e disse que não teve a intenção de atropelar a vítima. Ele foi indiciado por homicídio culposo no trânsito e o carro encaminhado para perícia.

Um homem de 26 anos, suspeito de atropelar e matar uma idosa de 77 anos, na região central de Anastácio, a 137 km de Campo Grande, se apresentou nove dias após o acidente. Ele chegou ao local, nessa terça-feira (29), acompanhado de um advogado.

No depoimento, segundo a Polícia Civil, o jovem confessou o crime e disse que não teve a intenção de atropelar a vítima. Ele ainda comentou que “não enxergou a senhora que estava na rua” porque o “local estava escuro”.

Entenda o caso

No dia 20 de dezembro, a vítima foi atropelada no centro de Anastácio por um veículo inicialmente não identificado. Por conta da gravidade dos ferimentos, ela faleceu em seguida.

A polícia, logo após o acidente, disponibilizou uma equipe do Setor de Investigações Gerais (SIG) para fazer buscas. O motorista e o veículo foram identificados, sendo que o suspeito se apresentou na tarde dessa terça-feira (29).

O homem foi indiciado pelo crime de homicídio culposo de trânsito. Já o veículo utilizado por ele foi apreendido e deve ser encaminhado para perícia.

FONTE: G1MS