Polícia Civil de Paranaíba prende suspeita de homicídio qualificado

0
2831

A Polícia Civil esclarece homicídio e prende suspeita dez horas após os fatos. No dia 28 de dezembro de 2020, por volta de 05:40h, Mailda Firmina de Oliveira, de 55 anos foi vítima de homicídio qualificado em sua residência, próximo ao Hotel Sul.

Imediatamente após a notícia do crime, equipe policial iniciou diligências para obter informações acerca das circunstâncias em que se deram os fatos e identificar a autoria delitiva.

Após quase dez horas de diligências foi possível localizar e prender em flagrante a suspeita Valdiscleia Izidoria Soares (43 anos), a qual estava homiziada em uma propriedade rural a aproximadamente 36 (trinta e seis) km de Paranaíba/MS.

Conforme apurado, a motivação do delito seria em razão de ciúmes que a investigada teria de seu marido o qual prestava serviços como pedreiro para a vítima.

Verificou-se, ainda, que as envolvidas tinham relação de amizade há alguns anos e o filho da vítima é convivente da filha da autuada.

Na última quinta-feira (24/12/2020) teria ocorrido uma discussão por telefone entre elas, com trocas de xingamentos. Na ocasião, a suspeita teria dito ao marido que deveria escolher entre o casamento e o trabalho, quando o esposo teria respondido que uma equipe de seis pessoas dependia do serviço pois trabalhavam com ele e não achava justo ter que fazer tal escolha e que deveria confiar nele, pois não tinha qualquer relacionamento extraconjugal com a vítima.

Na data de ontem, a investigada após cometer o delito voltou à sua residência e informou aos seus familiares e disse que se entregaria à polícia, o que não ocorreu.

A vítima foi atingida com 12 (doze) golpes de faca, na região do abdômen, costas, cabeça e antebraço.

A Polícia Civil reafirma o compromisso com a sociedade em SERVIR E PROTEGER.